sábado, 3 de julho de 2010

Vida de Paulistano

Image and video hosting by TinyPic
Como vivem as pessoas na maior cidade do Brasil.


Para algumas pessoas que moram em São Paulo capital, o dia começa bem cedo. Um exemplo são comerciantes que trabalham no bairro do Brás, muitos começam às 2h30 da manhã.
Várias pessoas vão a caminho de seu trabalho comendo, correndo, até mesmo o metrô, que é um dos meios de transporte mais rápidos, para conseguir chegar ao trabalho se torna lento porque entre às 7h da manhã e às 9 h30 a aglomeração nas estações é grande, causando dificuldade para os passageiros embarcarem.
A estudante de Recursos Humanos, Jéssika Hipólito, 22, mora no bairro do Tatuapé, zona Leste de São Paulo, todos os dias ela acorda ás 6h da manhã, embarca na estação, faz baldiação até chegar na estação Jabaquara e de lá ela pega um ônibus para Diadema, que é onde ela trabalha.
Depois de trabalhar, às 18h, ela pega dois ônibus e vai para a faculdade, localizada em São Bernardo do Campo. Jéssika trabalha em Diadema e estuda em SBC porque sua faculdade tem convênio com seu trabalho. Seu dia só termina 00:30 pois é quando volta para sua casa.
Apesar de toda essa correria, Jéssika diz que adora São Paulo e não troca essa vida por nada." É disso que gosto, nos finais de semana ainda sobre tempo até pra ir na balada" afirma. Jéssiká Hipólito.
O dia-a-dia de Filipi Silva, 24, não é muito diferente. Ele mora em São Matheus, zona Leste, mas trabalha também em Diadema. Filipi começa sua jornada de trabalho ás 14h, mas sai de casa meio-dia, pois pega três ônibus. Em Diadema, ele trabalha como vendedor em uma banca de jornal e revista. Às 21h30 Filipi, novamente pega três ônibus até chegar em sua casa, seu dia termina 23h30.
Para Algumas pessoas que vão a São Paulo, para fazer compras ou até mesmo a passeio, acreditam que é ruim viver em uma cidade tão grande, pois acham que é tudo muito longe e perigoso. Mas Filipe não pensa assim. Ele diz que não conseguiria viver em uma cidade pequena, para ele, São Paulo não é uma cidade perigosa, porque problemas com a segurança existe em todos os lugares.
Para as pessoas que moram em São Paulo, a correria, a poluição, o barulho e os perigos já são tão naturais que virou rotina, por isso esses problemas passam despercebidos. Assim diante de vantagens como, teatros, museus, bares e outros, fazem com que as pessoas se sintam felizes e realizadas na maior cidade do Brasil. "São Paulo é minha terra, meu lugar. Aqui é onde tudo acontece, tudo o que você quer está aqui, baladas, teatros", afirma Filipi Silva.


http://www.youtube.com/watch?v=uXeFSbpLJRk
por: Helen Pauka.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário